Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Consumo de antidepressivos duplicou nos últimos 10 anos

Desde 2000, o consumo de antidepressivos em Portugal mais do triplicou, enquanto o de ansiolíticos e hipnóticos desceu.
7 de Agosto de 2020 às 09:51

Em apenas 10 anos, o consumo de antidepressivos quase duplicou em Portugal, tendo mais do que triplicado desde o início do século. Entre os países da OCDE, Portugal é o quinto que mais consome este tipo de medicamentos, enquanto o consumo de ansiolíticos e hipnóticos desceu nos mesmos períodos.

De acordo com o Público, que cita dados do Infarmed e OCDE, o número de embalagens de antidepressivos consumidas em Portugal foi semelhante ao combinado de embalagens de ansiolíticos, sedativos e hipnóticos entre os meses de janeiro e maio deste ano.

Entre os distritos de Portugal, Coimbra é aquele que apresenta uma maior dose diária de antidepressivos por mil habitantes, enquanto Faro é aquele que menos consome este tipo de medicamentos.

Portugal está apenas atrás de Islândia, Canadá, Reino Unido e Austrália no que diz respeito ao consumo de antidepressivos por população, bem acima da média da OCDE.

Portugal OCDE antidepressivos ansiolíticos hipnóticos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)