Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Contas da Ordem dos Enfermeiros chumbadas

Sindicato recorda suspeitas de abuso de poder e peculato.
João Saramago 26 de Março de 2017 às 03:48
Ana Rita Cavaco
Ana Rita Cavaco, bastonária dos Enfermeiros
Ana Rita Cavaco, bastonária da Ordem dos Enfermeiros
Ana Rita Cavaco
Ana Rita Cavaco, bastonária dos Enfermeiros
Ana Rita Cavaco, bastonária da Ordem dos Enfermeiros
Ana Rita Cavaco
Ana Rita Cavaco, bastonária dos Enfermeiros
Ana Rita Cavaco, bastonária da Ordem dos Enfermeiros
A bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco, viu ontem serem chumbadas as contas do seu primeiro ano de mandato. Em assembleia geral, a votação contou com a presença de 422 enfermeiros. Destes, 232 votaram contra o relatório de contas de 2016. A favor votaram 183 e houve sete abstenções.

Para Guadalupe Simões, do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, presente na assembleia geral, o chumbo às contas da Ordem "torna bem patente a preocupação dos enfermeiros perante as recentes notícias de alegadas irregularidades". O Correio da Manhã tentou falar com Ana Rita Cavaco, mas tal revelou-se impossível, pois recusou prestar declarações. O Ministério Público está a investigar suspeitas de falsificação de documentos, peculato e abuso de poder na Ordem dos Enfermeiros.

Esta investigação levou, no início do mês, a Polícia Judiciária a efetuar buscas nas instalações da entidade. Já com metade da sala vazia, o segundo ponto da ordem de trabalhos, referente ao plano de atividades e orçamento para este ano, foi aprovado com 174 votos a favor, 25 abstenções e um voto contra.
Ver comentários