Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Corroios: Protesto pela construção de novo centro de saúde

Cerca de 150 utentes da freguesia de Corroios, no Seixal, estão desde as 10h00 deste sábado juntos numa acção de protesto pela construção de um novo centro de saúde naquela freguesia, que é reclamado há anos.
21 de Maio de 2011 às 12:10
Segundo a comissão, o antigo centro serve 38 mil utentes, dos quais 23 mil sem médico de família
Segundo a comissão, o antigo centro serve 38 mil utentes, dos quais 23 mil sem médico de família FOTO: d.r.

O protesto foi organizado pela comissão de utentes da Saúde de Corroios, que reclama a construção de um novo centro de Saúde na freguesia. De acordo com a porta-voz Domingas Gonçalves, o protesto tentaria unir o velho centro de saúde "que funciona num prédio sem elevador e sem as condições mínimas para servir utentes e profissionais de saúde". 

A comissão de utentes denuncia que as obras que o velho centro de Saúde sofreu entre Setembro de 2010 e Abril deste ano "não resolveram os problemas e a situação é caótica". Segundo a comissão, o antigo centro serve 38 mil utentes, 23 mil sem médico de família.  

Entre os manifestantes, Conceição Marques, reformada, e a viver há mais de 30 anos em Corroios, disse à Lusa que, "mesmo tendo médico de família, para apanhar uma consulta é um castigo". "Muitas vezes os médicos têm que vir cá abaixo consultar os velhinhos que não conseguem subir", acrescentou Conceição.  

O protesto, que começou na manhã de hoje, está neste momento muito próximo do terreno que a autarquia cedeu há mais de dez anos para que o novo centro de saúde pudesse ser construído.

Manifestação Protesto Corroios Seixal Saúde
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)