Portugal com expectativas elevadas sobre cimeira de CPLP

Ministro dos negócios estrangeiros acredita que o país terá 'nível de representação' alto.
Por Lusa|14.07.18
  • partilhe
  • 0
  • +

Portugal tem "expectativas bastantes altas" sobre a próxima cimeira da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que terá um "nível de representação" alto e aprovará "uma declaração política forte" sobre mobilidade, disse o ministro dos Negócios Estrangeiros.

"Nós estamos com expectativas bastantes altas porque o nível de representação é também o mais alto dos últimos anos", o que Augusto Santos Silva vê como "o melhor sinal do empenhamento de todos no desenvolvimento da comunidade".

O chefe da diplomacia portuguesa falava à Lusa a propósito da XII conferência de chefes de Estado e de Governo, que decorre na terça e na quarta-feira em Santa Maria, ilha do Sal, Cabo Verde.

Secretária-executiva espera compromisso político com cooperação económica

A secretária-executiva da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) espera que os Estados-membros renovem "o compromisso político com a cooperação económica e empresarial", área em que falta "um alinhamento" de todos, na cimeira da próxima semana, em Cabo Verde.

"Embora todos os países reconheçam a importância de se reforçar a cooperação do domínio económico e empresarial, tendo em conta as potencialidades de todos os nossos Estados, e também a necessidade que existe nos nossos países de promover um desenvolvimento mais sustentado (...), pessoalmente fico com a impressão de não haver ainda um alinhamento entre os Estados-membros da CPLP relativamente à forma como se deve implementar essa cooperação económica e empresarial", afirmou Maria do Carmo Silveira, em entrevista à agência Lusa.

A secretária-executiva falava a propósito da XII conferência de chefes de Estado e de Governo da comunidade lusófona, que decorre na terça e na quarta-feira em Santa Maria, ilha do Sal, Cabo Verde.




pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!