Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Criança com mão direita incapacitada após acidente em recreio

Família exige uma indemnização de 100 mil euros a instituição do Barreiro.
M.B. 15 de Maio de 2019 às 08:27
Célia e o filho, Daniel Vieira
Tribunal de Almada
Tribunal de Almada
Célia e o filho, Daniel Vieira
Tribunal de Almada
Tribunal de Almada
Célia e o filho, Daniel Vieira
Tribunal de Almada
Tribunal de Almada
Daniel Vieira, hoje com 12 anos, ficou com a mão direita permanentemente incapacitada, após ter sido empurrado contra uma porta envidraçada, quando – há seis anos – brincava "às corridas" com o melhor amigo, no Jardim de Infância A Voz do Operário do Lavradio, no Barreiro.

A família alega que as crianças permaneciam no recreio sem vigilância e exige uma indemnização de 100 mil euros à instituição.



"O dinheiro será aplicado numa nova operação para que fique como nasceu. É uma decisão importante para o futuro do Daniel", afirma a mãe, Célia Sousa, ao CM.

A ação cível chega esta quarta-feira a julgamento, no Tribunal de Almada.
Daniel Vieira Barreiro Lavradio Jardim de Infância A Voz do Operário Célia Sousa Tribunal de Almada política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)