Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Crias de Andorinhas-do-mar-anãs saíram dos ovos em Faro e já estão a voar

Zona onde andorinhas-do-mar-anãs costumam nidificar, na Barrinha, foi protegida.
João Mira Godinho 25 de Julho de 2019 às 08:49
Cerca de 40 crias já eclodiram dos ovos e estão a começar a voar
Andorinhas-das-chaminés são fotografadas na zona portuária de Barhoeft, na Alemanha
Cerca de 40 crias já eclodiram dos ovos e estão a começar a voar
Andorinhas-das-chaminés são fotografadas na zona portuária de Barhoeft, na Alemanha
Cerca de 40 crias já eclodiram dos ovos e estão a começar a voar
Andorinhas-das-chaminés são fotografadas na zona portuária de Barhoeft, na Alemanha
Mais de 40 crias já eclodiram e estão a começar a voar, na colónia de andorinhas-do-mar-anãs que existe na praia de Faro, na zona da Barrinha. A área onde estão os ninhos tinha sido protegida, no início de junho, por voluntários, preocupados com a segurança das aves e dos ovos.

O maior perigo era a passagem de pessoas ou, principalmente, cães sem trela, pela zona. Georg Schreier, um ornitólogo alemão que vive no Algarve e que teve a iniciativa de proteger o local, chegou a detetar marcas de pneus de veículos motorizados nas dunas próximas dos ninhos.

A Barrinha é todos os anos procurada, nesta altura do ano, por dezenas de andorinhas-do-mar-anãs para nidificarem.

Georg Schreier, com o apoio de associações ambientalistas e do Parque Natural da Ria Formosa, e com autorização do Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, isolou o local com cordas presas em estacas. Foram ainda colocados sinais a pedir às pessoas para que não se aproximem muito da zona.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)