Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

D. Manuel Clemente é "voz muito respeitada"

Padre Lino Maia, presidente da Confederação Nacional das IPSS, sobre novo Patriarca, D. Manuel Clemente
8 de Julho de 2013 às 00:24

Correio da Manhã - Considera que D. Manuel Clemente é o homem certo para patriarca?

Padre Lino Maia - Sem dúvida alguma. Penso que se tratou de uma solução natural. Ele fez um trabalho notável no Porto e conhece bem Lisboa, uma vez que é sacerdote do Patriarcado. Na minha opinião, a escolha não podia ter sido mais acertada.

-O patriarca de Lisboa é mais do que o bispo da capital...

- Sim, com certeza. Não será o chefe da Igreja Portuguesa, mas será, naturalmente, uma voz ouvida por todo o País. Ele é uma voz muito respeitada e, estando os decisores em Lisboa, estou certo de que os governantes não deixarão de o ouvir.

- Na sua primeira homilia falou na necessidade de mudanças na Igreja. Acha que ele vai implementar grandes reformas?

- A Igreja precisa de duas grandes iniciativas: acolher as pessoas e ir ao encontro das mesmas, ou seja, ser inclusiva e missionária e ele vai, com toda a certeza, implementar esse programa.

- Espera dele um novo impulso ao nível social?

- Espero que continue a fazer o que tem feito. E, como ouvimos, na sua primeira homilia não deixou de destacar a questão da solidariedade. Será um amigo dos pobres.

Padre Lino Maia Confederação Nacional IPSS Patriarca D. Manuel Clemente patriarca Lisboa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)