Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Demissões no Garcia de Orta

A directora do Serviço de Obstetrícia do Hospital Garcia de Orta, Ester Casal, demitiu-se. Esta foi a segunda demissão, a seguir à saída de Hélio Retto da chefia da Ginecologia, em menos de uma semana. Em causa estará a ruptura de vários serviços – não só da ginecologia e da obstetrícia, mas também da cirurgia – para atender os mais de 400 mil utentes daquela unidade, devido à saída dos especialistas para o privado.
30 de Abril de 2010 às 00:30
Mal-estar entre os directores de serviço e o conselho de administração do hospital
Mal-estar entre os directores de serviço e o conselho de administração do hospital FOTO: Pedro Catarino

Fonte do conselho de administração, presidido por Nelson Baltazar, desvaloriza a situação, sublinhando que se trata apenas de uma reorganização: "Obstetrícia e ginecologia vão ser fundidas num só serviço."

Ao que o Correio da Manhã apurou junto de várias fontes, estas demissões, principalmente a do director da Ginecologia, motivaram uma tomada de posição dos chefes de serviço. Na quarta-feira, numa reunião informal na sala dos cafés do hospital, os directores nomearam quatro representantes para falarem com a administração.

"Disseram-lhes que eram necessários 15 dias para marcar uma reunião e acabaram por aceitar falar com a direcção clínica", revelou ao CM fonte médica. A administração confirmou o encontro, referindo que "foi normal" e que serviu para trocar "impressões". O CM sabe que esta situação já motivou uma queixa na Ordem dos Médicos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)