Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Demolição deixa Aleixo em alerta

A implosão da torre 4 do Aleixo, no Porto, marcada para a manhã de hoje, vai durar apenas cinco segundos e obriga à retirada de 410 moradores.
12 de Abril de 2013 às 01:00

A evacuação dos outros três prédios do bairro e das casas vizinhas começará às 08h30, mas a detonação dos 150 quilos de explosivos usados nesta operação não tem hora marcada.

"A implosão acontecerá uma vez reunidas as condições de segurança", confirmou ao CM Leitão da Silva, da Polícia Municipal. A chuva e a saída das pessoas com mobilidade reduzida poderão atrasar o processo. "O bairro será selado" e não poderá haver movimento de pessoas e carros nas principais ruas da zona.

Júlio Neves, 51 anos, não esconde algum desalento: "É pena ver muita gente que foi criada aqui a ser obrigada a sair". Há, no entanto, quem esteja conformado com a mudança: "A decisão está tomada, agora têm mesmo de ir abaixo", afirmou António Domingos.

A torre 4 vai cair sobre si mesma, ligeiramente inclinada para o terreno onde esteve o edifício 5. "Todos os milissegundos contam para que a queda seja para a direção pretendida e o edifício se destrua para uma fácil remoção dos destroços", disse Ricardo Pereira, diretor técnico da demolição, que envolve 350 pessoas. n

demolição aleixo implosão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)