Descarga poluente mata peixes em ribeira de Santarém

Centenas de animais apareceram mortos na ribeira da Asseca.
29.08.18
Descarga poluente mata peixes em ribeira de Santarém
Foto José Nuno Pepino
Uma descarga poluente de origem desconhecida provocou a morte a centenas de peixes na ribeira da Asseca, que nasce em rio Maior e desagua no rio Tejo no Cartaxo.

A denúncia foi feita na segunda-feira por residentes na Moçarria, perto de Santarém, que se depararam com os peixes mortos.

Com os sinais evidentes de uma descarga poluente, como a água turva, carregada de espuma, e o cheiro nauseabundo, o presidente da Junta de Freguesia da Moçarria, Marcelo Morgado, apresentou queixa-crime na GNR.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!