Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Devolvida ao mar tartaruga encontrada presa em redes de pesca em Faro

Animal esteve mais de dois meses em reabilitação.
Lusa 19 de Maio de 2022 às 18:30
Tartaruga
Tartaruga FOTO: Getty Images
Uma tartaruga-comum foi libertada ao final da manhã desta quinta-feira no mar, a cerca de 10 milhas a sul de Faro, depois de ter estado mais de dois meses em reabilitação no parque oceanográfico Zoomarine.

O animal, cuja espécie tem o nome científico de caretta caretta, foi transportado a bordo do Navio da República Portuguesa (NRP) Hidra, embarcação de patrulha de costa, por ocasião do Dia Europeu do Mar, que se assinala na sexta-feira.

Em comunicado, o parque refere que o animal, batizado de Tortuga pelos seus cuidadores, deu entrada a 02 de março no Porto d'Abrigo do Zoomarine com 3,7 quilogramas de peso, "bastante parasitada, anémica e com consideráveis alterações eletrolíticas".

A tartaruga foi recolhida ao largo de Albufeira, após ter sido encontrada presa e parcialmente submersa em redes de pesca, mas o armador que a detetou, sabendo que estava em perigo pelos ferimentos e pelo risco de pneumonia por aspiração, procedeu ao seu resgate e transportou-a para terra.

"A reabilitação, contudo, foi rápida. Dois meses mais tarde, este juvenil de sexo ainda indeterminado, estava pronto para regressar ao meio selvagem, para mais uma oportunidade de vida independente", refere o Zoomarine.

A bordo do navio que devolveu a tartaruga ao mar esteve o chefe do Estado-Maior da Armada, Henrique Gouveia e Melo, que foi nomeado o responsável para devolver o animal ao seu habitat natural.

A bordo da NRP Hidra esteve também Rogério Bacalhau, presidente da Câmara Municipal de Faro, que se deslocou até ao ponto de encontro no mar numa lancha rápida da Marinha.

Faro Zoomarine questões sociais ciência e tecnologia ambiente recursos naturais oceanos
Ver comentários
}