Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Dez chefes de equipa de urgência do hospital de Santa Maria em Lisboa demitem-se em bloco

Decisão foi comunicada, através de uma carta, ao Conselho de Administração da unidade hospitalar.
Francisca Genésio 10 de Novembro de 2021 às 15:56
Hospital Santa Maria
Hospital Santa Maria FOTO: Fernando Ferreira

Dez chefes de equipa de urgência de Cirurgia Geral, do hospital de Santa Maria, em Lisboa, demitem-se em bloco a partir do dia 22 deste mês. A decisão foi comunicada, através de uma carta, ao Conselho de Administração da unidade hospitalar.

No documento, a que o Correio da Manhã teve acesso, os médicos justificam a decisão com o facto de o serviço se ter vindo a degradar "nos últimos anos". Acrescentam que a situação se agravou "recentemente, pela tomada de posição dos assistentes hospitalares do departamento que recusam ultrapassar, nas atuais condições de trabalho, mais do que as horas extraordinárias consideradas na lei". Na mesma carta, os chefes de equipa garantem estar solidários com os colegas. A demissão tem efeitos a partir do dia 22 deste mês, inclusive. O documento foi também enviado para a Ordem dos Médicos e Sindicato Independente dos Médicos.

"O Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte confirma a receção de uma carta elaborada por chefes de equipa da área cirúrgica da Urgência Central, documento que aponta questões de organização interna e distribuição de serviço a serem resolvidas até 22 de Novembro", pode ler-se no comunicado do hospital.

Segundo o mesmo, já foram agendadas reuniões com os respetivos serviços de forma a dar uma "rápida resposta".

Ver comentários