Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Diagnosticados 11 casos de sarna em Setúbal

Os médicos do Serviço de Saúde Ocupacional detectaram, nos últimos dias, um surto de sarna em 11 profissionais dos serviço de medicina do Hospital de São Bernardo, em Setúbal, mas a delegação de saúde garante que a situação está controlada.
22 de Julho de 2008 às 18:36

Os 11 casos de sarna, uma doença cutânea transmissível, foram diagnosticados no passado dia 16 de Julho, a oito enfermeiros e três auxiliares de acção médica, segundo revelou hoje, em comunicado, o Gabinete de Comunicação do Hospital São Bernardo.

Os profissionais do Serviço de Medicina afectados receberam tratamento imediato para a doença, que se suspeita ter sido transmitida por um doente internado naquela unidade hospitalar.

De acordo com informação da Delegação de Saúde de Setúbal, existe a possibilidade de surgirem novos casos nos próximos dias, mas a situação está já controlada, tendo em conta que se trata de uma 'doença que deixa de ser infectante a partir do momento em que se inicia o tratamento e que não constitui qualquer risco para a saúde pública'.

A sarna é provocada por um áraco que entra na derme provocando sensação de comichão.

Ver comentários