Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Dinensino contesta fecho de Universidade

A Dinensino entregou esta quarta-feira no Ministério do Ensino Superior documentação para tentar provar a viabilidade financeira da Universidade Moderna (UM), no dia em que termina o prazo dado à cooperativa para contestar o encerramento da instituição.
10 de Setembro de 2008 às 18:32
Dinensino contesta fecho de Universidade
Dinensino contesta fecho de Universidade FOTO: d.r.

Foram entregues a uma funcionária do ministério três dossiers de documentação por três elementos da Dinensino, entre os quais José Pagés e Madrigal, presidente da cooperativa que possui e gere a UM, o quals e recusou a comentar o conteúdo da documentação.

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES) notificou a 30 de Julho a UM e a Dinensino da decisão de encerrar compulsivamente a instituição por falta de viabilidade económica, grave degradação institucional e incumprimento de requisitos de funcionamento nos 'denominados estabelecimentos de ensino superior de Setúbal e de Beja', ao nível institucional e pedagógico. Posteriormente o Ministério alargou até 10 de Setembro o prazo para a Moderna contestar esta decisão do ministro Mariano Gago. Fonte do MCTES explicou hoje que a documentação entregue pela Dinensino será agora analisada, não existindo um prazo para nova decisão da tutela.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)