Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Diocese de Setúbal nega encobrimento de denúncia de abusos sexuais de menores

Durante a investigação, padre em causa foi suspenso das suas funções.
Correio da Manhã 5 de Agosto de 2022 às 17:22
D. Gilberto Reis marcou presença no almoço de solidariedade
bispo, setúbal, d. gilberto, reis, pobreza, aumento, crise
D. Gilberto Reis marcou presença no almoço de solidariedade
bispo, setúbal, d. gilberto, reis, pobreza, aumento, crise
D. Gilberto Reis marcou presença no almoço de solidariedade
bispo, setúbal, d. gilberto, reis, pobreza, aumento, crise

A Diocese de Setúbal emitiu um comunicado onde afirma não ter encoberto denúncias sobre sacerdote e confirma que existiu, entre 2008 e 2015, "uma investigação canónica a um padre diocesano, motivada por queixas de abuso sexual de menores. O processo canónico foi organizado pelo Bispo diocesano à data dos acontecimentos, tendo sido ouvidas todas as partes envolvidas, ou seja, o alegado perpetrador e as alegadas vítimas".

Em causa estão várias notícias que afirmavam que o bispo emérito de Setúbal, Gilberto Reis, tinha tido conhecimento de queixas de abusos por parte de padres e não comunicou essas suspeitas nem à Polícia Judiciária nem ao Ministério Público, as autoridades civis com competência para investigar este tipo de crimes. O mesmo aconteceu com o Cardial Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, recebido esta sexta-feira pelo Papa Francisco para abordar este tema.

Durante a investigação, o padre em causa foi suspenso das suas funções, "mas após a conclusão do processo, o decreto emanado pela Santa Sé ilibou o padre e permitiu que voltasse a exercer o seu ministério, com o ofício de pároco", lê-se no comunicado.

"A Diocese de Setúbal não se revê nas expressões "ocultação" ou "encobrimento", dado que o processo de averiguação decorreu no cumprimento das orientações canónicas e civis em vigor à data", afirma.

Bispo Setúbal Diocese D. Gilberto Reis crime lei e justiça crime crimes sexuais justiça e direitos
Ver comentários
}