Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Director do programa de luta contra a SIDA vai ao Parlamento

A Comissão Parlamentar de Saúde aprovou esta quarta-feira, por unanimidade, a audição no parlamento do director do programa de luta contra a Sida, para prestar esclarecimentos sobre a quebra na distribuição de preservativos e o programa de troca de seringas.
5 de Dezembro de 2012 às 12:21
O stock de preservativos femininos e masculinos se encontra em ruptura iminente
O stock de preservativos femininos e masculinos se encontra em ruptura iminente FOTO: Carlos Ferreira

O requerimento apresentado pelo Bloco de Esquerda dá conta de que o director do Programa Nacional para a Infecção VIH/SIDA, António Diniz, "tem reconhecido e explicado publicamente as dificuldades sentidas" no programa de troca de seringas, que registou uma "quebra abrupta".

Junta-se a este problema, o do anúncio feito por uma estrutura da coordenação nacional para o VIH/Sida, de que o stock de preservativos femininos e masculinos se encontra em ruptura iminente e de que houve já várias respostas negativas a pedidos de fornecimento.

Os bloquistas lembram ainda a "agudização drástica das dificuldades e da crise social", que aumentam a probabilidade de infecção por VIH, por um lado, e tem conduzido a cortes na despesa e no financiamento do Serviço Nacional de Saúde (SNS), por outro.

O Bloco de Esquerda solicitou então a audição de António Diniz para conhecer, discutir e esclarecer qual a situação do Programa Nacional para a Infecção VIH/SIDA, dos seus programas, financiamento e planificação da actividade.

sida VIH infecção António Diniz
Ver comentários