Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Diretor da Urgência e de Medicina Intensiva do São João no Porto admite quarta vaga da pandemia

Nélson Pereira admite que situação pandémica em Lisboa e Vale do Tejo alastrou-se até ao Norte.
Correio da Manhã 30 de Junho de 2021 às 10:35
A carregar o vídeo ...
Recurso ao Serviço de Urgência do São João "explosivo e preocupante" com aumento de 40% de casos suspeitos de Covid
O Diretor da Urgência e Medicina Intensiva do Hospital de São João, no Porto, alertou para mudanças no padrão do serviço de urgências e admitiu que há já uma quarta vaga da pandemia.

Em declarações aos jornalistas, Nélson Pereira revelou que foi registado um aumento de 40 a 50% de casos suspeitos a entrar nas urgências, com uma mudança radical de uma variável na taxa de positivos.

"Nos últimos três meses tivemos uma situação muito estável, com uma taxa de positivos de 1 a 2%. Nos últimos cinco dias nós crescemos para 10 a 15% e ontem chegámos praticamente aos 20%", admitiu Nélson Pereira.

"Há uma progressão desta onda pandémica, desta quarta vaga, não podemos negar que estamos numa quarta vaga", sublinhando a propagação de novos casos da Região de Lisboa e Vale do Tejo para o Norte.

"Se temos oportunidade de identificar um recrudescimento da situação e de intervir nesse sentido de minizar o impacto desta onda, é o momento de o fazer", alertou.
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Diretor das Urgências de Medicina Intensiva Porto São João Nélson Pereira saúde epidemias e pragas doenças
Ver comentários