Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Dívida pára obra na escola

Três empreiteiros de Marco de Canaveses estão "desesperados" devido à falta de pagamento por parte da empresa Clarks, responsável pela contratação de trabalhadores para a obra de requalificação e ampliação da Escola Secundária de Marco de Canaveses, e ontem pararam a obra.
25 de Outubro de 2011 às 01:00
Obra na Escola Secundária de Marco de Canaveses está parada
Obra na Escola Secundária de Marco de Canaveses está parada FOTO: Joana Vales

Os empreiteiros, a quem a empresa deve mais de 55 mil euros, prometem continuar o protesto. "Esta é uma situação desesperante, porque estamos sem receber, e assim não podemos pagar aos trabalhadores e fornecedores. Somos pequenas empresas locais e não temos liquidez para aguentar", desabafa Albano Rocha, empreiteiro.

Francisco Carneiro, proprietário da empresa Ordem Máxima, diz-se "preocupado", uma vez que a situação se repete no Parque Escolar de Resende. "Estou a ficar sem dinheiro para prosseguir", explica.

Contactado pelo CM, Luís Almeida, da Clarks, confirma a dívida, e diz que a situação se deve ao facto de a Hagen (empresa responsável pelas obras do Parque Escolar) não ter ainda liquidado duas facturas no valor de mais de 200 mil euros. "Neste momento, não temos dinheiro, e enquanto isso não se resolver não podemos pagar a ninguém", reforça.

escola obra dívida marco de canaveses
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)