Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Docentes reforçam proteção a menores

Escolas são responsáveis pelo maior número de alertas (24,4%), seguidas das polícias
28 de Maio de 2013 às 01:00
Negligência e exposição a violência lideram processos abertos pelas comissões de proteção
Negligência e exposição a violência lideram processos abertos pelas comissões de proteção FOTO: Getty Images

As Comissões de Proteção de Crianças e Jovens em Risco deverão passar a contar com um professor a tempo inteiro, afirmou ontem o presidente da Comissão Nacional. Armando Leandro admitiu a falta de recursos humano num quadro, como o de 2012, em que o número de processos voltou a subir, atingindo mais de 69 mil crianças.

A negligência, que habitualmente liderava as situações de perigo, passou em 2012 para segundo plano, tendo sido substituída pela exposição a comportamentos desviantes, nomeadamente a violência doméstica.

Mais de mil casos vieram agravar o trabalho das comissões que, entretanto, passaram a acompanhar - com o aumento da escolaridade até ao 12º ano - jovens até aos 21 anos.

Essa é uma das razões para o aumento extraordinário do número de casos nesta faixa etária, o que, no entanto, provoca "preocupação", como afirmou Armando Leandro, ontem no final de uma reunião no Ministério da Segurança Social. É também a razão para o plano de reforço dos professores na comissão, que está a ser formulado.

Segundo o relatório anual da Comissão Nacional, foi necessário acompanhar 2537 jovens, mais 829 do que em 2011. Em causa, estavam situações de absentismo e de insucesso escolar.

As escolas lideram a lista das entidades que mais identificam situações (24,1%), mas o número de participações policiais tem vindo a aumentar, sendo responsáveis por 19,9 por cento das sinalizações em 2012.

Segundo o relatório anual, é no segundo semestre do ano - devido às férias - que sobem o número de casos sinalizados pelas polícias.

CRIANÇAS PROTEÇÃO DOCENTES
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)