Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Doentes exigem remédio

Um grupo de doentes com paramiloidose (doença dos pezinhos) exigiu ontem, à administração do Hospital de Santo António, no Porto, explicações para o facto de o Hospital ainda não ter disponível o Tafamidis, medicamento que evita o transplante hepático.
21 de Dezembro de 2011 às 01:00
O Hospital de Santo António diz não ter dinheiro para o remédio
O Hospital de Santo António diz não ter dinheiro para o remédio FOTO: José Rebelo

"O medicamento foi autorizado em Novembro pela Comissão Europeia, mas, até agora, o hospital não o disponibilizou aos pacientes", disse ao CM José Manuel Carreira, de 29 anos, doente com paramiloidose. Ao final da tarde, Sollari Alegro, da administração do Centro Hospitalar do Porto, respondeu aos doentes dizendo que o Hospital não tem capacidade financeira para suportar os custos do medicamento e espera que o Ministério da Saúde intervenha.

"Todos os dias perdemos capacidades físicas, sentimos dores e precisamos de uma solução. Testaram aqui o medicamento e agora não o usam nos doentes", diz José Carreira.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)