Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Mais doentes desnutridos nos hospitais

Portugueses estão a adiar a ida às Urgências hospitalares, levando ao agravamento da saúde.
Joana Nogueira e João Saramago 6 de Dezembro de 2014 às 14:56
Doentes chegam aos hospitais cada vez mais fragilizados
Doentes chegam aos hospitais cada vez mais fragilizados FOTO: Carlos Barroso

Os hospitais estão a receber cada vez mais doentes com claros sinais de desnutrição. O alerta foi dado esta sexta-feira pelo presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar de S. João, no Porto.

"Há uma percentagem muito grande de doentes que chegam ao hospital desnutridos. A percentagem aumenta quando têm alta. Este é um problema do Serviço Nacional de Saúde", disse António Ferreira, quando questionado sobre a importância da alimentação nas unidades de saúde, durante o VII Fórum Nacional sobre a Gestão do Medicamento em Meio Hospitalar, que decorreu em Lisboa.

"A alimentação no hospital é um drama, no sentido de servir. Do ponto de vista nutricional, tentamos garantir o que é adequado", acrescentou o responsável. Apesar de preocupante, a subnutrição não é o único problema que afeta os doentes.

Um estudo realizado pela secção do Sul da Ordem dos Enfermeiros (OE) em seis hospitais concluiu que os doentes estão a adiar a ida às Urgências. "Surgem nas Urgências numa situação limite com problemas de grande gravidade", disse Alexandre Tomás, presidente da secção sul da OE, sublinhando que "não é ainda possível concluir se esse adiar resulta da dificuldade em pagar as taxas moderadoras."

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)