Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

"É melhor estarmos preparados para que o vírus se torne habitual", diz Graça Freitas

Diretora-geral da saúde afirmou que é expectável que "os seres humanos ganhem imunidade e o vírus se torne menos agressivo".
Lusa 17 de Maio de 2020 às 13:33
Graça Freitas
Graça Freitas FOTO: Tiago Petinga / Lusa
A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, considerou este domingo ser melhor que os cidadãos se preparem para que o novo coronavírus não desapareça por si mesmo e, ao invés, se torne habitual nas vidas das pessoas.

"É melhor estarmos preparado para que este vírus se venha a tornar habitual nas nossas vidas", considerou este domingo Graça Freitas, falando na conferência de imprensa diária de acompanhamento da pandemia de covid-19.

Com o passar do tempo, "quer exista vacina quer não", é expectável que "os seres humanos ganhem imunidade e o vírus se torne menos agressivo", reconheceu todavia a responsável.

"Se tivermos vacina, melhor. Se não, teremos de conviver com o vírus até termos imunidade natural", concretizou a diretora-geral da Saúde.

Portugal regista este domingo 1.218 mortes relacionadas com a covid-19, mais 15 do que no sábado, e 29.036 infetados, mais 226, segundo o boletim epidemiológico divulgado este domingo pela Direção Geral da Saúde.

A segunda fase de desconfinamento começa na segunda-feira, mantendo-se o dever cívico de recolhimento e com uma prorrogação do estado de calamidade pública.

Mais informação sobre coronavírus AQUI.

MAPA da situação em Portugal e no Mundo.

SAIBA como colocar e retirar máscara e luvas.

APRENDA a fazer a sua máscara em casa.

CUIDADOS a ter quando recebe uma encomenda em casa.

DÚVIDAS sobre coronavírus respondidas por um médico

Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24

Graça Freitas Saúde questões sociais pandemia coronavírus covid19 doenças contagiosas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)