Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Email e telefonema para aviar receitas

Venda autorizada só após o utente atender chamada da tutela.
Cláudia Machado 30 de Abril de 2016 às 02:46
Sistema informático vai estar parado para atualizações durante 17 horas
Sistema informático vai estar parado para atualizações durante 17 horas FOTO: Reuters
Os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) enviaram ontem ao final da tarde um plano C para a dispensa de medicamentos nas farmácias, durante a atualização da base de dados. Entre as 13h00 de hoje e as 6h00 de amanhã, e na incapacidade de leitura dos códigos das guias de tratamento, os farmacêuticos devem enviar o documento digitalizado por email. O utente recebe uma chamada da tutela e só depois é autorizada a venda.

"Se o utente não atender, a dispensa não é confirmada", lê-se no documento, a que o CM teve acesso. O email em que é enviada a guia de tratamento tem "obrigatoriamente (sob pena de devolução)" de conter ainda o número da farmácia, o nome do técnico ou farmacêutico, contactos telefónicos dos utentes e do estabelecimento, bem como as linhas de prescrição. "É surreal. Não conseguem garantir se vão ter de fazer duas ou 15 mil chamadas, nem sabemos quando vão responder", afirma fonte ligada ao setor.

Contactados pelo CM, os SPMS garantiram que utentes e profissionais vão ter "uma linha aberta para resolver todas as questões", com o efetivo dos serviços acrescido de um reforço em todas as equipas. Ao todo, estão mobilizadas 29 pessoas.

A atualização do sistema informático impede que as farmácias possam aviar as receitas eletrónicas – agora obrigatórias – durante 17 horas.
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)