Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Emigrantes enviam 7,6 milhões por dia

Portugueses a trabalhar no estrangeiro enviaram 1,14 mil milhões de euros até maio
19 de Julho de 2013 às 01:00

Os portugueses espalhados pelo Mundo estão a enviar mais dinheiro para o País. Até maio, tinham enviado cerca de 7,6 milhões de euros por dia, num total de 1,14 mil milhões. As remessas registam um crescimento de 9,1 por cento, mais 95,7 milhões de euros, face aos cinco primeiros meses do ano passado, segundo dados do Banco de Portugal.

Apesar da crise na Europa, é dos países da União Europeia e da Suíça que chega o grosso das remessas, atingindo 839 milhões de euros. Ou seja, cerca de 73 por cento do total das remessas enviadas nos primeiros cinco meses deste ano.

Os portugueses radicados em França são, de longe, os principais depositantes em Portugal, com uma média superior a 71 milhões de euros por mês. Já da Suíça, os trabalhadores portugueses enviam, todos os meses, cerca de 51 milhões de euros.

Fora do continente europeu, o destaque vai para as remessas dos Estados Unidos da América, com uma média superior a 11 milhões de euros por mês.

Por cá, a crise económica e social está também a atingir os imigrantes, que diminuíram as suas remessas para o estrangeiro.

Ainda segundo o boletim estatístico do Banco de Portugal, até maio, foram enviados cerca de 211 milhões de euros para fora do País, menos três milhões de euros do que em igual período do ano passado. Uma quebra de 1,4 por cento, face aos 214 milhões de euros enviados em 2012.

emigrantes euros trabalho
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)