Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Empresa que importou lixo hospitalar dos Estados Unidos multada

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) decidiu avançar com uma multa de quase 2,5 milhões de euros contra a empresa de Pernambuco que importou toneladas de lixo hospitalar dos Estados Unidos.
25 de Outubro de 2011 às 08:50
Um empresário da região de Leiria também encontrou umas calças de ganga cujos bolsos tinham inscrições do Hospital de Santa Maria
Um empresário da região de Leiria também encontrou umas calças de ganga cujos bolsos tinham inscrições do Hospital de Santa Maria FOTO: Rui Miguel Pedrosa

Recorde-se que a polémica estalou no Brasil quando foram descobertas peças de roupa produzidas com material hospitalar pela empresa 'Império do Forro de Bolso'.

Já a companhia de navegação onde foram apreendidos contentores com lençóis e roupas de hospitais norte-americanos, a Hamburg Sud, vai ser multada em mais de 800 mil euros.

Segundo o Ibama, a empresa de Pernambuco contrariou a lei que proíbe a entrada no país de resíduos de qualquer espécie que sejam considerados perigosos. No material apreendido estavam, além de lençóis, fronhas, seringas, máscaras, botas e muitos deles tinham resíduos de sangue, fezes e urina, relata o instituto.

Além do material proveniente dos Estados Unidos, um homem detectou também material do Hospital Garcia de Orta nos bolsos de uns calções que adquiriu em São Paulo.

Em Portugal, o mesmo aconteceu a um empresário da região de Leiria, que comprou numa feira umas calças de ganga com bolsos com inscrições do Hospital de Santa Maria. 

Resíduos Hospitais Sangue Bolsos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)