Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Encarregados de Educação em vigília no Ministério da Educação

Cerca de meia centena de encarregados de educação denunciam situações que se vivem nas escolas.
17 de Outubro de 2014 às 20:59
Nuno Crato, ministro da Educação
Nuno Crato, ministro da Educação FOTO: Bruno Simão

Cerca de meia centena de encarregados de Educação de estabelecimentos de ensino da região de Lisboa juntaram-se esta sexta-feira, em vigília, em frente ao Ministério da Educação, na capital, para denunciarem situações que se vivem nas escolas.


Na escola básica de 2.º e 3.º ciclo de Vialonga, Vila Franca de Xira, por exemplo, "em mais de metade das turmas faltam professores", denunciou José Luís Vieira, elemento da associação de pais daquele estabelecimento. 

Além do "inédito início de aulas" deste ano, aquela escola enfrenta outros problemas, como "a falta de auxiliares, sobrelotação e o facto de as aulas de Educação Física e de Ensino Artístico serem dadas a um quilómetro da escola", explicou o encarregado de educação à agência Lusa.

encarregados de educação vigília ministério da educação lisboa
Ver comentários