Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Enfermeira ganha a vida a fabricar sabonetes

Jovem obrigada a trocar o material hospitalar pela glicerina por falta de dinheiro.
26 de Agosto de 2013 às 12:50

Joana Cunha tem 25 anos e é recém-licenciada em Enfermagem. Sem emprego na área, não ficou parada e começou a produzir sabonetes artesanais em casa.

A falta de dinheiro fez com que metesse mãos à obra e começasse a produzir sabonetes.

"Posso considerar-me uma autodidata, porque, à exceção de um workshop de duas horas, aprendi tudo por mim mesma, com muitas pesquisas na internet e com muitas experiências".

Mesmo com o sucesso que tem tido com esta produção, Joana continua a ver com receio, acerca do futuro e da entrada na sua área profissional. No entanto, recusa-se a seguir o caminho de muitos colegas que rumaram para o estrangeiro em busca de vagas.

Confessa que faz de tudo para conseguir colocação em Portugal, mas por enquanto a dedicação aos sabonetes "vai dando para viver".

Esta enfermeira foi obrigada a trocar o material hospitalar por glicerina, corantes e essências para a produção dos sabonetes, que já são um sucesso na cidade de Famalicão.

enfermeira sabonete licenciada jovem famalicão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)