Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Eólica evita emissão de 194 mil toneladas de CO2 por ano

O Parque Eólico do Pinhal Interior abrange os concelhos de Proença-a-Nova, Oleiros, Sertã e Vila Velha de Ródão.
30 de Outubro de 2014 às 17:15
Ventoinhas num parque de energia eólica
Ventoinhas num parque de energia eólica FOTO: Direitos Reservados

O Parque Eólico do Pinhal Interior evita anualmente a importação de 110 mil toneladas de fuel e uma emissão de 194 mil toneladas de CO2, foi anunciado esta quinta-feira.

"A produção anual de 336 Gwh [gigawatt-hora] de eletricidade limpa do Parque Eólico do Pinhal Interior terá benefícios ambientais na redução de importação de fuel (110 mil toneladas/ano) e na redução de emissão de CO2 (194 mil toneladas/ano)", anunciou esta quinta-feira a Generg durante a visita de um grupo de 40 engenheiros da Ordem dos Engenheiros da Região Sul (OERS).

Estes dados foram apresentados durante a visita ao Parque Eólico do Pinhal Interior, que contou com a presença do presidente do Conselho Diretivo da OERS, Carlos Aires, e do presidente da Generg SGPS, João Bártolo.

O projeto, que arrancou em setembro de 2004, implicou um investimento de 154 milhões de euros e iniciou a produção de energia eólica em dezembro de 2005. Contudo, só ficou totalmente concluído em junho de 2007. Com uma potência instalada de 146 megawatts (MW), as 64 turbinas eólicas produzem 336 gigawatts/hora (Gwh) por ano, o equivalente ao consumo doméstico de 155 mil habitantes.

O Parque Eólico Pinhal Interior Parque Eólico do Pinhal Interior emissões co2 toneladas poluição
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)