Escola profissional de Viana abre inquérito sobre alegada agressão a aluna

Jovem de 17 anos poderá ter sido agredida por colegas dentro do estabelecimento de ensino.
31.05.17
Escola profissional de Viana abre inquérito sobre alegada agressão a aluna
Foto Google Maps
A Escola Tecnológica Artística e Profissional (ETAP), Viana do Castelo, abriu um inquérito relativo à alegada agressão a uma aluna de 17 anos por outras estudantes no interior do próprio estabelecimento de ensino, disse esta quarta-feira o diretor, Paulo Alves.

"A escola abriu um procedimento disciplinar para apurar o que se passou e tomará as medidas adequadas à situação. (...) A Escola Segura, com quem temos uma colaboração estreita, tomou conta da ocorrência e levou a identificação de todas as jovens envolvidas neste caso", explicou o diretor da ETAP.

Paulo Alves, que se escusou a especificar o número de jovens envolvidas na alegada agressão, ocorrida durante a manhã de terça-feira, dentro das instalações da ETAP, no Campo da Agonia, em Viana do Castelo, adiantou que "são todas menores".

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De di_05098731.05.17
    aqui não esta o caso das agressoras serem menores. aqui estamos a falar do estado que a minha irmã ficou, se as escolas tivessem mais segurança nada disto acontecia. se eu num momento destes estivesse presente quem fazia justiça era eu com as minhas mãos.
1 Comentário
  • De di_05098731.05.17
    aqui não esta o caso das agressoras serem menores. aqui estamos a falar do estado que a minha irmã ficou, se as escolas tivessem mais segurança nada disto acontecia. se eu num momento destes estivesse presente quem fazia justiça era eu com as minhas mãos.
    Responder
     
     0
    !