Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Escritor de Sócrates avalia candidatos a juízes

Domingos Farinho vai avaliar os candidatos a magistrados. Decisão é do Diretor do Centro de Estudos Judiciários.
João Saramago 15 de Maio de 2018 às 08:25
Domingos Farinho, professor de Direito, é suspeito de ter escrito livros de Sócrates
Barbas Homem já tinha comunicado a sua decisão de deixar o Centro de Estudos Judiciários
Centro forma magistrados
SISTEMA DE VÍDEO NO CEJ SUPERIOR AO DOS TRIBUNAIS
Domingos Farinho, professor de Direito, é suspeito de ter escrito livros de Sócrates
Barbas Homem já tinha comunicado a sua decisão de deixar o Centro de Estudos Judiciários
Centro forma magistrados
SISTEMA DE VÍDEO NO CEJ SUPERIOR AO DOS TRIBUNAIS
Domingos Farinho, professor de Direito, é suspeito de ter escrito livros de Sócrates
Barbas Homem já tinha comunicado a sua decisão de deixar o Centro de Estudos Judiciários
Centro forma magistrados
SISTEMA DE VÍDEO NO CEJ SUPERIOR AO DOS TRIBUNAIS
O professor de Direito Domingos Soares Farinho, que está a ser investigado pelo Ministério Público pelos crimes de peculato e falsificação de documento, foi nomeado membro do júri das orais aos candidatos ao Centro de Estudos Judiciários (CEJ), segundo noticiou a revista ‘Sábado’. Na escola de magistrados a composição do júri para as "provas da fase oral e da avaliação curricular" do 34º curso foi fixada pelo diretor da instituição, João Silva.

No âmbito da Operação Marquês, Domingos Soares Farinho foi investigado por suspeitas de ter recebido 100 mil euros para redigir a tese de José Sócrates. Também a mulher, a advogada Jane Kirkby, recebeu montantes com a mesma origem e que seriam destinados ao marido. Ambos foram ouvidos na qualidade de testemunhas.

Aquando do despacho de acusação, o Ministério Público ordenou a extração de certidão sobre esta matéria para investigar crimes de peculato (utilização de meios públicos para fins privados) e falsificação de documentos.

Domingos Soares Farinho é suspeito de ser o verdadeiro autor da tese de José Sócrates, que deu origem ao livro ‘A Confiança no Mundo’. Quando ouvido pelo Ministério Público, o professor referiu ter feito o "trabalho normal de uma revisão formal de uma tese e uma espécie de orientação".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)