Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Espera na Urgência revolta utentes

Os utentes do Hospital de Mirandela estão revoltados por terem de esperar mais de quatro horas para serem atendidos nas Urgências. Alguns dos doentes atribuem a culpa das horas de espera a uma médica que, alegadamente, estava a dormir no gabinete. O Conselho de Administração do hospital está a averiguar.
7 de Janeiro de 2011 às 00:30
Hospital de Mirandela
Hospital de Mirandela FOTO: direitos reservados

O caso remonta a 30 de Dezembro. Vários utentes encheram o Serviço de Urgência e tiveram de esperar mais de quatro horas para serem atendidos. A espera deu origem a reclamações e à acusação de que a médica que estaria de serviço esteve a descansar no gabinete nesse período de tempo, provocando o caos nas Urgências.

O Conselho de Administração do hospital só teve conhecimento da situação esta semana. "Tivemos reclamações, mas diziam apenas respeito ao período grande de espera. Provavelmente foi uma maior afluência às Urgências, onde estão normalmente três médicos. A administração está a averiguar o que realmente aconteceu", disse fonte hospitalar.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)