Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Estado vai gastar dois mil milhões de euros em medicamentos

Vendas vão sofrer desagravamento dos preços.
26 de Junho de 2014 às 15:24
O ministro da Saúde, Paulo Macedo
O ministro da Saúde, Paulo Macedo FOTO: João Carlos Santos

O Estado vai gastar dois mil milhões de euros em medicamentos até final do ano, contudo, as vendas por parte da indústria farmacêutica irão sofrer um desagravamento nos preços de 160 milhões de euros, depois de em 2013 a redução dos custos ter sido de 122 milhões de euros.

A redução dos custos resulta de um acordo assinado entre o Governo e a indústria farmacêutica, em Lisboa.

O acordo foi assinado pelo ministro da Saúde, Paulo Macedo, e pelo presidente da Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica (Apifarma), João Almeida Lopes.

As empresas associadas da Apifarma serão responsáveis por uma redução de 120 milhões de euros.

Este é o terceiro acordo que a Apifarma faz com a atual equipa do Ministério da Saúde, estando o presidente da associação convicto de que a maior parte das empresas associadas vão aderir a este acordo com o Estado.

estado vai gastar mil milhões medicamentos saúde
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)