Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Solvente usado no fabrico de plásticos pode provocar cancro

Estudo da Organização Mundial de Saúde mostra que estireno pode ser grave para a sua saúde.
Lusa 13 de Junho de 2018 às 08:00
Garrafas de plástico
Uso de plástico
Uso de plástico
Uso de plástico
Garrafas de plástico
Uso de plástico
Uso de plástico
Uso de plástico
Garrafas de plástico
Uso de plástico
Uso de plástico
Uso de plástico

Um estudo da Organização Mundial de Saúde (OMS), no qual participou o Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), mostra que o estireno, um solvente orgânico utilizado no fabrico de plásticos reforçados, pode causar cancro.

Segundo um comunicado do ISPUP a que a agência Lusa teve esta quarta-feira acesso, os resultados deste trabalho demonstram que o estireno - usado no fabrico de polímeros e de plásticos reforçados -, a quinolina (solvente) e o 7,8 óxido de estireno são "provavelmente carcinogénicos para os humanos".

Esta conclusão foi avançada por um grupo de trabalho da Agência Internacional para a Investigação do Cancro (IARC), da OMS, composto por 23 cientistas de 12 países, que, em março passa, se reuniram em Lyon (França), para ajudar a identificar substâncias químicas, usadas na indústria, com potencial de aumentar o risco de cancro no ser humano.

Organização Mundial de Saúde OMS saúde cancro estireno
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)