Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Estudo universitário tenta travar miopia

O Departamento de Física da Universidade do Minho (UM) vai participar num ensaio clínico, à escala mundial, para travar a progressão da miopia sem o recurso a remédios. Vão estar envolvidas em Portugal mais de 300 crianças, dos oito aos 12 anos. O estudo vai envolver o uso de lentes de contacto gelatinosas e descartáveis, prolongando-se durante os próximos três anos.
27 de Novembro de 2012 às 01:00
Universidade do Minho
Universidade do Minho FOTO: direitos reseravdos

José Gonzaléz-Méijome, coordenador do Laboratório de Investigação em Optometria Clínica e Experimental da UM, justifica as idades escolhidas pelo facto de ser esse o período "mais crítico da evolução da miopia".

Para além da Universidade do Minho, o ensaio clínico conta com a participação de outros cinco parceiros espalhados pelo Mundo – dois deles no Reino Unido, um no Canadá, um em Singapura e outro em Hong Kong.

UNIVERSIDADE MINHO ESTUDANTE TESTE MIOPIA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)