Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Euromilionário: "A minha vida vai continuar igual"

Luís Ribeiro recebeu autorização para aceder a 7,2 milhões, após ‘guerra’ com ex-namorada.
17 de Agosto de 2013 às 01:00
Luís Ribeiro (à esq.) está euromilionário, mas não quer mudar os hábitos
Luís Ribeiro (à esq.) está euromilionário, mas não quer mudar os hábitos FOTO: Jorge Silva

O Tribunal de Barcelos já autorizou Luís Ribeiro a ter acesso a 7,2 dos 15 milhões de euros que ganhou juntamente com a ex-namorada no Euromilhões. Apesar da conquista judicial, o quotidiano do jovem agricultor mantém-se. "A minha vida continua e vai continuar igual", garantiu ao CM, enquanto cuidava dos seus animais, na casa em que vive com os pais em Courel, Barcelos.

Luís Ribeiro e Cristina Simões eram namorados quando venceram o Euromilhões, em janeiro de 2007. Ela reclamou todo o prémio, por ter sido a autora da chave premiada. Ele pedia metade, por ter preenchido o boletim e pago o registo. O caso chegou a julgamento no final de 2009.

"O processo ainda deverá arrastar se na Justiça mais alguns meses, já que há um processo-crime a decorrer contra a outra parte e pelo menos duas reclamações a decidir", disse ao CM Vasco Leal, advogado de Luís.

Os juros de seis anos e meio de depósito deverão ter já rendido cerca de um milhão de euros, elevando o valor total em causa para 16 milhões. As custas judiciais deverão rondar 1,5 milhões, pelo que o Tribunal de Barcelos mantém cativos 750 mil euros a cada um dos considerados vencedores.

Cristina terá já levantado sete milhões de euros. Após várias sentenças e recursos, o caso chegou mesmo ao Supremo Tribunal de Justiça, que, em julho do ano passado, confirmou a divisão do prémio pelos dois ex-namorados.

Euromilhões Luís Ribeiro Barcelos Courel
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)