Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Ex-aluno agride funcionário

Um funcionário de uma escola do Agrupamento do Cerco foi ao final da manhã de ontem agredido no interior das instalações de ensino por um antigo aluno e pela mãe deste, de 45 anos, elevando o número de incidentes nas escolas de um dos bairros mais problemáticos do Porto.
29 de Outubro de 2009 às 00:30
O bairro do Cerco tem um registo elevado de incidentes em estabelecimentos de ensino
O bairro do Cerco tem um registo elevado de incidentes em estabelecimentos de ensino FOTO: Sónia Caldas

Os motivos da agressão ainda não estão bem clarificados, até porque quer a PSP quer a Direcção Regional do Norte (DREN) pouco quiseram adiantar sobre o caso. "A DREN tem conhecimento de que um antigo aluno de uma escola do Cerco do Porto agrediu, juntamente com a mãe, o vigilante desse estabelecimento. O caso foi entregue às autoridades", disse ao Correio da Manhã fonte oficial.

Da parte da polícia chegou a confirmação do incidente, que resultou na detenção dos dois alegados agressores. "Foi no interior de uma escola. Cabe à DREN outros esclarecimentos", informou o Comando da PSP. Ao que o CM apurou, mãe e ex-aluno foram presentes ao Tribunal de Instrução Criminal do Porto na tarde de ontem.

Trata-se de mais um episódio numa lista já extensa de problemas em escolas no Cerco. A 21 de Setembro de 2008, uma professora da Escola do 1º Ciclo do Cerco do Porto foi ameaçada e agredida à estalada pelos pais de um aluno. Também no mesmo bairro, em Dezembro do ano passado, uma professora foi intimidada com uma arma de plástico.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)