Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Excesso de analgésicos causa surdez nos homens

Um estudo revela que o uso dos três analgésicos mais comuns – paracetamol, ibuprofeno e aspirina -, poderá causar surdez.
2 de Março de 2010 às 12:16
O paracetamol é a substância que mais casos de surdez origina
O paracetamol é a substância que mais casos de surdez origina FOTO: DIREITOS RESERVADOS / Internet

A investigação, levada a cabo por cientistas da universidade de Harvard e publicada no ?American Journal of Medicine?, acompanhou 26 917 homens de dois em dois anos, por um período de 24 anos.

De acordo com os resultados do estudo, o paracetamol é a substância que mais probabilidades tem de diminuir as capacidades de audição, principalmente em casos de pacientes com menos de 50 anos de idade e afecta em cerca de 99%, as pessoas que administram o fármaco duas vezes por semana.

 

Em relação ao ibuprofeno, e de acordo com o estudo, a percentagem de perdas de audição sobe para 61%, em homens com menos de 50 anos, e desce para 32% para pessoas entre os 50 e 59 anos e 16% durante os 60 anos.

 

A aspirina apresenta um menor risco para indivíduos com menos de 59 anos, que representam 33% dos casos de início de surdez. Nos casos de homens com mais de 60, não apresentaram riscos.

 

Os investigadores analisaram os casos 26 917 homens com idades compreendidas entre os 47 e o s 74 anos, desde 1986 até hoje.

 

De dois em dois anos, os voluntários desta investigação tiveram de preencher um questionário medico, especificando as condições e motivos que os levaram a recorrer a analgésicos.

Por outro lado, também tinham de estar atentos a possíveis casos de surdez registados, bem como uma série de factores psicológicos, demográficos e médicos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)