Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Exercício: Evite horas de maior calor mas não relaxe

Hidratação reforçada, descanso e alimentação à medida são fundamentais para o sucesso.
Miguel Balança 14 de Julho de 2019 às 01:30
Exercício físico
Alimentação saudável
Exercício físico
Exercício físico
Exercício físico
Alimentação saudável
Exercício físico
Exercício físico
Exercício físico
Alimentação saudável
Exercício físico
Exercício físico
Ainda de madrugada (horas antes de entrar ao serviço), ao final do dia (no regresso a casa) ou noite dentro (após o jantar), o horário para a prática desportiva - que o estilo de vida frenético impõe, com maior rigor, durante grande parte do ano - ganha maior flexibilidade durante o verão.

Só não deixe que a atitude relaxada, de quem está de férias, lhe roube horas de sono e o leve a cair em pecado à refeição. Tenha em mente que fatores como o descanso (sete a nove horas por noite) e uma alimentação equilibrada e à medida são "fundamentais" na definição do período ideal para a prática de exercício físico, alerta Hugo Moniz, personal trainer (PT).

Durante os meses mais quentes do ano, o especialista em treino personalizado aconselha a prática desportiva durante os períodos de menor exposição solar. "No início da manhã, ou ao final do dia", explica.

Caso opte por recorrer a um ginásio ou centro de fitness, "qualquer hora do dia" se revela um bom momento - quer na prática dentro de portas, quer no exterior, "a presença de um profissional que direcione o treino é importante", afirma.

Privilegie atividades que o aproximem da natureza - um trail ou a natação em mar são um excelente complemento à prática desportiva durante o ano - e hidrate-se. "Esta deve ser especialmente cuidada", alerta o personal trainer.

Conselho da semana
Cerca de 30 minutos de Treino de Força que, por exemplo, impliquem o levantamento de carga, de forma moderada e regular, uma a duas vezes por semana, mostram-se preponderantes para a melhoria da qualidade de vida.

Este tipo de treino é "um coadjuvante no combate a doenças crónicas", explica o personal trainer Hugo Moniz.

Neste grupo enquadram-se doenças metabólicas e musculares, por exemplo.

Beba água e regule a temperatura corporal no verão
Ajuda a regular a temperatura corporal, auxilia no transporte de nutrientes e, no verão, deve ver a ingestão reforçada: cerca de três litros de água por dia, adaptados à prática desportiva.

"Há que considerar que o corpo elimina uma grande quantidade de líquido e sais minerais por sudação (suor). E este processo está muito relacionado com fatores como o volume e intensidade de treino, assim como a temperatura ou percentagem de humidade no exterior", afirma ao CM Hugo Moniz, personal trainer.

Hugo Moniz, personal trainer na EXS Exercise School
"A dose é que faz o veneno"
CM: Que tipo de exercícios mais se adequam ao período de verão?
Hugo Moniz– O Treino de Força é uma excelente opção. Sabemos que é vital, considerado como fundamental para a manutenção da integridade neurocardiomuscular humana.

– É o verão uma boa oportunidade para praticar exercício fora do ginásio?
– Sim, sempre. No entanto, deve existir supervisão e acompanhamento por parte de um profissional do exercício.

– Porquê?
– Este está preparado para conseguir dar mais e melhores respostas às necessidades atuais: não interessa só exercitar corpo e mente, mas exercitar bem e de forma segura. A dose é que faz o veneno.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)