Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Falta de professores vai manter-se ao longo do ano

A Federação Nacional da Educação (FNE) considera que os 403 professores por colocar nas escolas, como avançou na semana passada o Ministério da Educação (ME), são "números ínfimos".

14 de Outubro de 2010 às 00:30
Sindicato quer mudar concursos
Sindicato quer mudar concursos FOTO: João Miguel Rodrigues

"Ao longo do ano faltará sempre colocar um certo número por situações novas que surgem todos os dias: professores que se reformam, que adoecem ou devido a licenças de parto", disse ao CM João Dias da Silva, secretário-geral da FNE. Metade dos docentes que faltam "são substituições por doença e maternidade", revelou o ME.

O dirigente sindical defende contudo que os procedimentos concursais têm de mudar. "Houve uma derrapagem dos prazos no início do ano e havia alunos sem professores e professores sem horário. Há que repensar os concursos e antecipar os problemas."

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)