Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Fátima: Trezentos mil na peregrinação de 13 de Maio

Vinte e dois bispos e 265 padres concelebraram este domingo a eucaristia da peregrinação de 13 de Maio ao Santuário de Fátima, presidida pelo cardeal Gianfranco Ravasi, responsável pelo Conselho Pontifício da Cultura. Segundo as autoridades, mais de 300 mil peregrinos terão estado nesta peregrinação que assinalou os 95 anos da primeira aparição mariana da Cova da Iria, ocorrida em 1917 e de que foram protagonistas os beatos Jacinta e Francisco e a prima Lúcia.
13 de Maio de 2012 às 13:23
Peregrinos acorreram de todo o País e do estrangeiro
Peregrinos acorreram de todo o País e do estrangeiro FOTO: Rui Miguel Pedrosa

A peregrinação, iniciada no sábado, terminou às 13h00 de domingo com a tradicional procissão do adeus, momento de emoção para milhares de peregrinos que, com lenços brancos, acenam à passagem da imagem da Virgem que recolhe à Capelinha das Aparições.

No final das cerimónias, o bispo de Leiria-Fátima, António Marto, sublinhou que Fátima "é um lugar materno para a cultura contemporânea, que está a dar sinais de cansaço, de desencanto".

De acordo com o prelado, em Fátima é possível "encontrar o que a cultura contemporânea busca - acolhimento, esperança, paz".

POSTOS DE SOCORROS DÃO ASSISTÊNCIA

Mais de meio milhar de peregrinos recebeu assistência, desde o final da tarde de sexta-feira, nos postos de socorros instalados em Fátima, informou este domingo a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC).

Em comunicado enviado à Lusa, a ANPC afirmou que, no âmbito da operação 'Fátima 2012' - operacionalizada através do Comando Distrital de Operações de Socorro de Santarém, com 249 homens e 91 veículos -, até às 09h00 deste domingo, entre os peregrinos atendidos 123 eram feridos, um dos quais com gravidade.

Em funcionamento estão postos de socorros da Cruz Vemelha Portuguesa e do Santuário de Fátima.

Ver comentários