Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Fenprof diz que anúncio do Ministério "já vem tarde"

Em falta colocação de 9% dos professores em horário completo.
28 de Outubro de 2014 às 09:42
"É tremendo o problema que foi criado e com prejuízos para os alunos que vão ter menos aulas", diz Mário Nogueira
'É tremendo o problema que foi criado e com prejuízos para os alunos que vão ter menos aulas', diz Mário Nogueira FOTO: Miguel A. Lopes/Lusa

O secretário-geral da Federação Nacional de Professores, Mário Nogueira, considerou esta terça-feira que o anúncio pelo Ministério da Educação de que falta colocar 9% dos docentes em horário completo "já vem tarde" e causou "enormes prejuízos" aos alunos.


"Seriam números positivos se fossem há dois meses. É tremendo o problema que foi criado e com prejuízos para os alunos que vão ter menos aulas. Seja qual for a estratégia [do Governo], nunca irá compensar o que foi perdido", disse à agência Lusa Mário Nogueira.


O Ministério da Educação e Ciência (MEC) divulgou na segunda-feira que faltam colocar 128 (9%) do total de 1.310 horários completos disponibilizados através da Bolsa de Contratação de Escola (BCE).

fenprof anúncio ministério da educação colocação professores
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)