Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Festa lusófona na Praça de São Pedro

Portugueses e cabo-verdianos celebram criação cardinalícia.
14 de Fevereiro de 2015 às 10:20
Manuel Clemente vai ser este sábado feito cardeal
Manuel Clemente vai ser este sábado feito cardeal FOTO: Secundino Cunha

Centenas de portugueses e cabo-verdianos estão a chegar à Praça de São Pedro desde o início da manhã para celebrar a criação cardinalícia de Manuel Clemente, patriarca de Lisboa, e Arlindo Furtado, bispo de Santiago.

As bandeiras dos dois países lusófonos surgiam entre as filas que se estenderam a toda a praça, onde ecoavam os cânticos dos cabo-verdianos, enquanto se esperava a abertura da Basílica de São Pedro, que acolhe a cerimónia presidida pelo Papa.

Aníbal Sanches de Sousa veio da Suíça para acompanhar o momento em que o primeiro cardeal de Cabo Verde vai receber o anel e o barrete vermelho das mãos de Francisco, um dia "grandíssimo", um sentimento partilhado por António Semedo, também emigrante de Cabo Verde, que realça o "dia especial" para a história religiosa do arquipélago cabo-verdiano.

Miquelina Sousa confessa que este era um momento que não "podia perder", elogiando a "pessoa maravilhosa" que é Arlindo Furtado.

Na Praça de São Pedro havia esta manhã milhares de cabo-verdianos que residem em Itália e noutros países da Europa, como Suíça, França, bem como nos Estados Unidos da América, para além de uma delegação da Diocese de Santiago e católicos da Diocese de Mindelo, acompanhados pelo bispo, Ildo Fortes.



Praça de São Pedro Manuel Clemente Arlindo Furtado
Ver comentários