Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Figueira da Foz há oito meses sem embarcação salva-vidas de grande capacidade

'Patrão Macatrão' saiu de serviço em dezembro de 2019, depois de partir hélice ao embater contra restos de um tronco de árvore arrastado pelas cheias do Mondego.
Lusa 19 de Agosto de 2020 às 12:48
'Patrão Macatrão' está em reparações desde dezembro de 2019
'Patrão Macatrão' está em reparações desde dezembro de 2019 FOTO: Direitos Reservados
O porto da Figueira da Foz está há oito meses sem o salva-vidas de grande capacidade do Instituto de Socorros a Náufragos (ISN) 'Patrão Macatrão', utilizado principalmente em salvamentos a longa distância, denunciou fonte da autoridade marítima.

Em declarações à agência Lusa, o capitão do Porto da Figueira da Foz, João Lourenço, manifestou-se preocupado com a situação de inoperacionalidade da embarcação salva-vidas, revelando que a 'Patrão Macatrão' saiu de serviço em dezembro de 2019, depois de ter partido uma hélice por ter embatido, durante a noite, "presumivelmente", contra os restos de um tronco de árvore arrastado pelas cheias do Mondego.

"O processo de reparação está a demorar mais do que eu gostava e não sei quando estará concluído", explicou João Lourenço. É uma embarcação que tem vários anos de serviço [está no ativo desde 1997] e foi decidido juntar a reparação a uma revisão geral e renovação".

Ver comentários