Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Fim de semana com recolher obrigatório "catastrófico" para retalho e restauração, avança associação

Setor contabilizou perdas de 76% devido às novas medidas do Estado de Emergência.
Lusa 16 de Novembro de 2020 às 17:58
Setor da restauração em tempo de pandemia
Setor da restauração em tempo de pandemia FOTO: Getty Images
A Associação de Marcas de Retalho e Restauração (AMRR) contabiliza perdas de 76% no setor que representa, durante o fim de semana, que diz ter sido "catastrófico", de acordo com um comunicado.

"Terminou ontem [domingo] o primeiro fim de semana com recolher obrigatório entre as 13h00 e as 05h00 em 114 concelhos do país, decretado pelo Governo ao abrigo do mais recente estado de emergência e, segundo os dados recolhidos junto das mais de 3.500 lojas associadas da AMRR, as perdas são vertiginosas", lê-se na mesma nota.

A AMRR ressalva que "embora as medidas decretadas tenham afetado mais os municípios com recolher obrigatório, as perdas superiores ao habitual foram sentidas em todos", acrescentando que teme que no próximo fim de semana, "com o aumento para 191 dos concelhos com recolher obrigatório, as perdas sejam ainda mais elevadas", sendo que "há já muitos lojistas a pensarem se valerá a pena abrir portas".

Ver comentários