Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Fisco tira casa a viúva

Dívida relativa ao abate de dois carros leva mulher, de 52 anos, a perder a casa em leilão.
Diogo Martins e Francisco Manuel 30 de Outubro de 2014 às 09:04
Residência está avaliada em 19 500 euros e agora vai a leilão por causa de multas de 1900 euros

Foi com espanto que há um mês, uma viúva, de 52 anos, residente em Ílhavo, soube que a sua própria casa iria ser leiloada. Segundo o ‘Diário Económico’, em causa está uma dívida de 1900 euros ao Fisco, relativa ao Imposto Único de Circulação (IUC) de dois carros que mandou abater. A falha terá estado no facto de se ter esquecido de dar baixa dos veículos nas Finanças. O leilão era ontem, mas foi suspenso.

Tudo terá começado há cinco anos. A mulher – com seis filhos e duas netas – mandou abater na sucata dois carros da família.

A par do abate deveria ter dado baixa dos veículos nas Finanças. Tal não foi feito por esquecimento, o que fez com que ficasse com uma dívida de 500 euros de IUC. Agora, a esse valor, a mulher que trabalha na seca de bacalhau vê somar 1400 euros de multas. Com um salário de menos de 600 euros, que foi penhorado há cerca de cinco meses, a viúva não tem forma de liquidar as dívidas ao Fisco e arrisca ficar sem a casa. Com a mulher moram três filhos, todos desempregados. No mesmo terreno está também construída a casa de um sobrinho. Esta habitação está igualmente incluída no leilão das Finanças que tem como base de licitação 19 500 euros.

Ílhavo Imposto Único de Circulação economia negócios finanças leilão
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)