Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

“Foi Deus que a salvou”

Fábio e Sofia Marques já estão sãos e salvos, após os momentos de pânico vividos no final da tarde de anteontem, quando faziam uma sessão fotográfica, na praia do Cabedelo, V. N. Gaia, e acabaram por ser engolidos pelo mar revolto.
23 de Abril de 2013 às 01:00

Foram salvos por praticantes de kitesurf e populares. "Foi Deus que a salvou e a empurrou para terra", afirmou ontem o homem de 27 anos, nas redes sociais.

Bastou uma onda pelos joelhos para molhar o vestido de noiva de Sofia, 31 anos, e arrastá-la para as águas. Fábio segurou-a pela mão e foi também engolido. A aflição do casal levou o operador de câmara César Sousa a tentar o salvamento. "O peso do vestido molhado era tal que não a conseguíamos tirar do mar", disse, abalado, ao CM.

O praticante de kitesurf Paulo Batista também entrou na água e chamou populares que passeavam junto ao local. "Naqueles minutos, a noiva foi várias vezes ao fundo. Ficou--me na memória a imagem da face dela à tona da água, inconsciente, branca e com os lábios roxos. Pensei que já estava morta", contou.

Casal e operador de câmara foram assistidos no Centro Hospitalar Gaia-Espinho. Tiveram alta horas depois do incidente. Apesar dos momentos de pânico, Fábio e Sofia falam em sorte: "Saiu-nos mais do que o Euromilhões. Ganhámos a vida". n

PÂNICO CASAL GAIA MAR ARRASTADOS ONDAS
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)