Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Francisco Senra Coelho nomeado arcebispo de Évora

Nomeação surge mais de dois anos depois de José Alves ter apresentado a renúncia por idade.
26 de Junho de 2018 às 12:09
Francisco Senra Coelho, o novo arcebispo de Évora
Francisco Senra Coelho, o novo arcebispo de Évora FOTO: Direitos Reservados
O bispo auxiliar de Braga Francisco José Senra Coelho é o novo arcebispo de Évora, sucedendo a José Alves, anunciou esta terça-feira o Vaticano.

Francisco José Villas-Boas Senra de Faria Coelho nasceu a 12 de março de 1961 em Maputo, Moçambique, sendo os seus pais originários de Adães, no concelho de Barcelos, que pertence à Arquidiocese de Braga.

Antes de ser nomeado bispo auxiliar de Braga, em 2014, foi pároco de Nossa Senhora de Fátima e de São Manços, em Évora, e de Nossa Senhora da Consolação, em Arraiolos, além de ter sido o vigário da Vigaria de Évora e moderador da Zona Pastoral Centro/Sul da Arquidiocese de Évora.

Senra Coelho frequentou o Liceu Nacional de Barcelos e o Liceu Sá de Miranda, em Braga, enquanto estava no seminário daquela cidade, tendo ingressado, em 1980, no Seminário Maior de Évora, onde concluiu o curso superior de Teologia.

Foi, posteriormente, ordenado sacerdote a 29 de junho de 1986 pelo então arcebispo de Évora, Maurílio de Gouveia.

Francisco José Senra Coelho é doutorado em História pela Universidade Internacional de Phoenix, nos Estados Unidos, tendo como tema da sua tese a vida do arcebispo de Évora Augusto Eduardo Nunes, no contexto da Primeira República em Portugal.

O novo arcebispo de Évora é membro da sociedade científica da Universidade Católica Portuguesa e do Conselho Científico do Centro de Estudos de História Religiosa da mesma instituição.

A nomeação de Francisco Senra Coelho como arcebispo de Évora surge mais de dois anos depois de José Alves ter apresentado a renúncia ao cargo ao papa Francisco, por ter atingido o limite de idade canónico, os 75 anos.

José Alves está à frente da Arquidiocese de Évora desde fevereiro de 2008, depois de ter liderado a diocese de Portalegre - Castelo Branco durante quase quatro anos.

Natural de Lageosa, Sabugal, no distrito da Guarda, José Alves, de 77 anos, foi ordenado sacerdote na Catedral de Évora, em 1966, tendo desempenhado durante quase 30 anos várias funções e cargos na diocese alentejana.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)