Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Fraude na saúde sob investigação

A Unidade Nacional de Combate ao Crime Económico da PJ fez ontem buscas em vários matadouros do Porto e nos gabinetes da ASAE naquela cidade. Em causa está uma alegada fraude na saúde pública pelo não cumprimento das normas sobre o abate de animais doentes. A Judiciária quer agora apurar se esta irregularidade era cometida com o conhecimento de funcionários daquela autoridade de inspecção.
17 de Fevereiro de 2012 às 01:00
Em causa estão alegadas irregularidades em matadouros e eventual conivência dos inspectores
Em causa estão alegadas irregularidades em matadouros e eventual conivência dos inspectores FOTO: Paulo Cunha/Lusa

Segundo o CM conseguiu apurar, os donos dos matadouros não estariam a respeitar os procedimentos normais quando um animal adoecia – há a obrigatoriedade de abate de todas as gerações da família do animal infectado, para se evitar a propagação da doença e ainda o contágio ao ser humano.

São vários os funcionários da ASAE que também estão a ser alvo da investigação da unidade da Judiciária, por existirem alegadas conivências com os donos dos matadouros. Os inspectores da PJ fizeram buscas nos gabinetes do Porto da ASAE, onde foram apreendidos diversos documentos.

A investigação prossegue e ainda não há arguidos no processo.

Saúde Fraude ASAE Animais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)