Frutos vermelhos e vinho tinto podem prevenir doenças mentais

Estudo foi realizado por investigadores do Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde.
17.04.18
Investigadores do Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde (Cintesis) descobriram que substâncias presentes nos frutos vermelhos e vinho tinto melhoram a flora intestinal, reduzem inflamação e podem contribuir para a prevenção da depressão e doenças neurodegenerativas.

"O consumo regular de frutos vermelhos ou vinho tinto pode ter um papel importante na regulação da microbiota intestinal, na diminuição da inflamação, na prevenção da depressão e no combate à demência e outras doenças neurodegenerativas, pela presença de uma classe particular de compostos nestes alimentos (antocianinas)", concluiu o estudo, divulgado esta terça-feira.

Segundo os investigadores, "a hipótese deste tipo de substâncias, denominadas pré-bióticos e psicobióticos, induzirem o crescimento de bactérias benéficas no intestino, interferindo com a inflamação no cérebro, abre caminho a uma nova estratégia terapêutica para a prevenção e tratamento de doenças neuropsiquiátricas tão prevalentes na população, como a ansiedade e a depressão".

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!