Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Função pública ruma do Marquês de Pombal à Assembleia da República por aumentos salários

Sindicato reivindica aumentos salariais de 90 euros.
Lusa 20 de Maio de 2022 às 16:21
No final de 2021, cerca de 61% dos funcionários públicos eram mulheres
No final de 2021, cerca de 61% dos funcionários públicos eram mulheres
Milhares de trabalhadores da administração pública de várias zonas do país concentraram-se esta sexta-feira, por volta das 14h30, no Marquês de Pombal, em Lisboa, e partiram pouco depois rumo à Assembleia da República, em Lisboa, a exigir aumentos salariais.

Os trabalhadores de diferentes setores da administração pública, de várias zonas do país, participam na manifestação nacional "contra o empobrecimento" organizada pela Frente Comum de Sindicatos, afeta à CGTP, que reivindica aumentos salariais de 90 euros, face à atualização de 0,9% para este ano definida pelo Governo.

Para os trabalhadores poderem participar na manifestação, a Frente Comum emitiu avisos pré-avisos de greve, que estão a ter impacto no funcionamento dos serviços públicos, tendo já encerrado escolas e provocado constrangimentos em serviços de saúde, nomeadamente nas consultas externas, indicou à Lusa no local o dirigente da Frente Comum, Sebastião Santana.

Ver comentários
}